Agende sua consulta (41) 4102-0215 | Whatsapp 99933-8586 Psiquiatra em Curitiba

COMO TRATAMOS

1ª consulta: entrevista psiquiátrica básica – anamnese (histórico médico) do paciente:

Queixa e duração, história da moléstia atual: desenvolvimento da queixa: quando surgiu, como evoluiu, fatores de piora e melhora;

Antecedentes pessoais (escolaridade, vida familiar, como foi criado, onde nasceu e viveu, curso superior, profissão e vida familiar);

Antecedentes em psiquiatria: já fez tratamento psiquiátrico? já usou medicamentos em psiquiatria? já foi internado em hospital psiquiátrico?

Antecedentes clínicos de natureza orgânica: doenças, cirurgias, histórico de uso de medicamentos e tratamentos médicos outros;

Exame do estado Mental;

Impressão diagnóstica;

Medicação (se houver indicação…)

2ª consulta: Mapeamento da Realidade Individual – Clique para mais informações

3ª consulta: Mapeamento do Problema psíquico – Clique para mais informações

Na segunda e terceira consulta abordo a indicação terapêutica de hipnose. A hipnose é considerada dentro de critérios legais e científicos um “tratamento complementar” que pode ou não ser utilizado. Cada paciente tem uma queixa específica e nem todo caso clínico tem indicação para hipniatria.

Havendo indicação clínica para Hipnose é condição absoluta que o paciente a autorize e a compreenda dentro de critérios científicos e objetivos. Jamais a hipnose deve ser vista como uma panacéia para todos os males. Hipnose não é “regressão de vidas passadas” e não envolve nada religioso, místico ou espiritual.

Para isto é de suma importância o conhecimento do paciente sobre o conteúdo do Parecer Técnico do Conselho Federal de Medicina sobre a utilização da Hipnose